VENDA A DINHEIRO passa a FACTURA/RECIBO

Finalmente a Autoridade Tributária acaba por entender as nossas razões para querermos

que a factura recibo seja um documento válido tal como a factura e a factura simplificada.

Veja o oficio circulado 30141 no link abaixo

http://www.mediafire.com/view/?66acqsh5dcdd77f

Anúncios

Autor: Mário Rodrigues

Contabilista Certificado Formador

8 thoughts on “VENDA A DINHEIRO passa a FACTURA/RECIBO”

  1. A expressão “Fatura-recibo” foi considerada válida pela AT perante uma assistência de mais de 200 pessoas..

    Passo a explicar:

    No passado dia 16 de Janeiro eu e mais de duzentos representantes de empresas produtoras de software estivemos presentes numa sessão de esclarecimento promovida pela AT e cujos representantes, como por exemplo, a Directora de Serviços do IVA, Maria Emília Pimenta, bem como os responsáveis máximos pelo project SAFT-T e pelo projecto e-Fatura, durante a qual nos foi afirmado que além de “Fatura” e “Fatura Simplificada” são igualmente aceites a designações “Fatura-recibo” e “Fatura-refibo Simplificada”. Infelizmente, e como é ridiculamente do conhecimento de todos, à data de hoje esta questão sem ser devidamente esclarecida por via escrita, sendo, no mínimo, absurdo que as entidades oficiais pretendam que sejam a produtoras de software a explicar ao país que o conteúdo do email enviado individualmente pelo Diretor-Geral da Autoridade Tributária e Aduaneira durante as primeiras semanas de Janeiro estava errado.

    Espero que este comentário ajude a pôr uma pedra definitiva sobre este assunto.

    Para terminar, gostaria de dar os parabéns ao Sr.Mários Rodrigues e a quem quer que tenha participado neste site pela excelência de vários conteúdos. Muito obrigado.

    1. Muito obrigado pelos seus comentários, efectivamente é apenas o Mário Rodrigues, não há equipa aqui, mas há uma grande e vasta equipa que faz a excelência (se é que ela existe) deste blog, que são o interesse e a participação de quantos aqui passam.
      O meu obrigado.
      MR

  2. Boas
    Até informação em contrário permita-me discordar do vosso entendimento porque no normativo está escrito:”O preenchimento e a emissão das faturas-recibo aprovadas pela citada Portaria efectuam-se obrigatoriamente no Portal das Finanças na Internet, no endereço electrónico”como tal as Facturas-recibo substituem os antigos Recibos Verdes e não as Vendas a Dinheiro emitidas até aqui na titularização de qualquer venda ou prestação de serviços pagas na hora.
    Atenciosamente
    Jorge R.

    1. Faço o mesmo comentário que fiz ao sr. Ricardo.

      Até pode ter razão mas eu espero que não.
      Se uns podem ter factura-recibo porque razão os outros não podem?

  3. A minha interpretação deste ofício circulado não é que a VD passa a Fatura-Recibo.
    A Fatura-Recibo a que se refere o ofício são os antigos recibos verdes. Aliás, logo no parágrafo seguinte diz que o preenchimento e emissão das faturas-recibo efetuam-se obrigatoriamente no portal das finanças.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s