Etiquetas

O Orçamento estado de 2010 tinha reduzido o reporte de prejuizos de 6 para 4 anos.

No entanto esta norma não tem efeitos retroactivos, pelo que apenas os prejuizos a partir de 2010 inclusivé estão sujeitos a este prazo os anteriores continuam a ter um prazo de 6 anos para a sua dedução.

O OE de 2012 aumentou este prazo para 5 anos.

Assim:

                Prezuijos gerados até 2009 ……………………… prazo de dedução 6 anos

                Prezuijos gerados em 2010 e 2011 …………….  prazo de dedução 4 anos

               Prezuijos gerados a partir de 2012 …………….  prazo de 5 anos

No entanto a dedução de prejuizpos só é possivel até á concorrencia de 75% do lucro tributável, sem prejuizo de o remasnescente ser deduzido em periodos seguintes até o termo do prazo.

Esta regra aplica-se tantos ao futuros prejuizos como aqueles que se estão a deduzir.